Histórico do Câmpus

A história do Câmpus da Universidade Federal do Tocantins (UFT) em Gurupi tem início no ano de 1993, com o curso de Agronomia, na então Fundação Universidade do Tocantins – UNITINS. Em 2003, com a fundação da UFT, este foi direcionado a compor os Campi.

Desde então, foi criado o curso de Engenharia Florestal, em 2006, e com o programa REUNI, em 2009, instituíram-se os cursos de Química Ambiental e Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia. A Pós-Graduação se consolidou com o Mestrado e Doutorado em Produção Vegetal e Mestrado em Biotecnologia e Ciências Florestais e Ambientais.

Através do sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), a UFT ainda oferta na modalidade à distância os cursos de licenciatura em Biologia, Química, Física e Matemática, e bacharelado em Administração Pública e especializações.

No percurso trilhado até o momento, o Campus de Gurupi se caracteriza pelo desenvolvimento de elevado número de projetos de pesquisa, em que se observa a participação acentuada dos alunos de Graduação. Para atender aproximadamente 1700 alunos, a UFT tem em seu quadro de funcionários 86 professores efetivos, sendo 63 doutores e 23 mestres, e 68 servidores técnico-administrativos.

UFT - Campus Universitário de Gurupi - TO
© 2017 - Núcleo de Tecnologia da Informação, todos os direitos reservados.